Bem-vindo -
15/03/2021

Doria cobra leitos de UTI e diz que Ministério da Saúde mentiu

Governador de SP acusou a Pasta de mentir à PGR
Nesta segunda-feira (15), o governador de São Paulo, João Doria, voltou a fazer cobranças ao governo federal pelo custeio de mais leitos de UTI no estado. Durante uma coletiva no Palácio dos Bandeirantes, ele afirmou que desde janeiro não há homologação de leitos e acusou o Ministério da Saúde de mentir.

– Inacreditavelmente, desde janeiro o Ministério não homologa mais leitos de UTI nos estados para o atendimento das pessoas com Covid-19 (…) Isso é obrigação, é dever do governo federal (…) Isso é obrigação, é dever do governo federal – apontou.

Doria disse ainda que o governo enviou informações falsas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à PGR.

– A verdade: nenhum leito em São Paulo foi habilitado pelo Ministério da Saúde (…) A capacidade de mentir do Ministério da Saúde chega ao ponto de mentir a uma ministra do Supremo Tribunal Federal. Mentiu também ao Procurador-Geral da República, dando uma informação improcedente. Levou a Procuradoria-Geral da República a dar uma informação falsa – destacou.

 
       
 

Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Mais Informa
© Copyright 2019 Mais informa. Informação mais precisa. Todos os direitos reservados.